terça-feira, 30 de março de 2010

Você tem sede de que?


Movida pela revolta, resolvi blogar sobre um tema "polêmico", política e alienação...

Durante os últimos meses (e dias), não se discute nada além de BBB, seja em casa, na rua ou na internet... o único hiato que tivémos foi por conta do caso Isabella Nardoni (outro estardalhaço extraordinário, capaz até mesmo de fazer pessoas viajarem milhares de kilometros, saindo de seus estados e vindo até São Paulo acompanhar um julgamento "inacompanhável")...

Mas, 2010 é ano de que mesmo? Ah, sim, Copa do mundo, e o Brasil vai ser hexa! \o/

Lógico, BBB, Copa do mundo, e depois disso vem o que mesmo? Dia das crianças! \o/

Não, depois disso, um pouquinho depois... Natal?

Pois é, 2010 é ano de Eleições presidenciais, governamentais, senatoriais e assim por diante, mas a maior parcela da população não se lembra disso, vai lembrar só ano que vem, quando chegar janeiro e as chuvas inundarem as casas... Quando os impostos baterem na porta, vindos nas mãos do carteiro, quando a comida estiver mais cara, os empregos mais raros, e a roubalheira... Bem, essa continua sempre em alta...

Em um país onde as rodas de discussão se formam constantemente (nas mesas de bar), poder-se-ia pensar que a política é um assunto corriqueiro... Num país onde os escandalos de mensalão, roubalheira, desvios... são "amplamente" divulgados (até o limite do interesse daqueles que as divulgam), poder-se-ia pensar que o povo é mais "consciente", e que está se preparando para no próximo mês de outubro, mudar os rumos do país, tirar de cena os ladrões de colarinho branco (azul, rosa, creme...)...

Para tirar a prova, basta andar pelas ruas da sua cidade, pelo pátio da sua faculdade, do seu colégio e ver quais são os assuntos que elevam os animos, porque as pessoas estão tão fervorosamente defendendo um ponto de vista, tão veementes, as vezes, que chegam ao ponto de ofender, desrespeitando a diversidade e a contrariedade de opinião... 

Você irá se surpreender ao descobrir que o que altera os animos, o que causa fervor nas pessoas não são as crises políticas, os escandalos... é a grande final do BBB, ou quem sabe, o rebaixamento do seu time, a goleada do final de semana, a eliminação do Brasil na copa...

É, meu caro (ou cara), em um país que tem como máxima "futebol, religião e política não se discutem" (não necessariamente nessa mesma ordem) o que mais poderiamos esperar? Onde, culturalmente, a política é jogada pra debaixo do tapete, onde discussões (e ai digo discussões inteligentes, com argumentos, que buscam apresentar pontos de vistas diferentes, com repeito) importantes são relegadas pela mídia de massificação, que mascara as mazelas do país com novelas coloridas que mostram a desgraça de outras culturas... NADA!

Não podemos esperar nada de pessoas que simplesmente não buscam nada. Uma população que vota por uma cesta básica, por uma promessa de terra (sim, eu entendo a situação em que essas pessoas se encontram, tão calamitosas que o fato de ter arroz na mesa naquele dia já é um alívio sobretamanho, justificador de depositar seu voto naquele que, mais tarde, não importa quanto tempo mais tarde, vai tornar a sua vida muito mais miserável, pelo simples fato de te cobrar por coisas que ele não te dá), que optam por anular seu voto e deixar a sorte escolher o seu próximo governante.

Sim, o anular o voto não resolve, a pessoa se exime de culpa, mas se vê no direito de cobrar também. Cobrar o que? Cobrar de quem? Aquele que está lá não te representa, você anulou seu voto, você não elegeu ninguém. Seria esse o famoso caso de "vá reclamar com o papa"?

Não sei, o que sei é que Outubro está ai, e pelo andar da carruagem nada vai mudar, como diria minha mãe "mudam as merdas, mas as moscas permanecem"... culpa de quem? De quem cagou, enquanto brigava pela máfia dourada, ou discutia pelo penalti perdido.

3 comentários:

Miss M. disse...

Hoje na faculdade o tema foi o BBB... O próximo tema vai ser o futebol, ou o aniversário de Brasília... (o que vier 1º...)
O lance é, estamos acostumados com este "mais do mesmo" eterno e não ensinamos as nossas crianças a darem importancia ao que realmente tem importancia... aí, reclamamos quando eles viram adultos inconscientes.
Se ainda tem gente no país com a panela vazia, cabe a quem tem uma panela cheia e uma condição decente de estudo, a árdua missão de colocar pensar no futuro e colocar as coisas no seu devido lugar...
O que é prioridade? O 1 milhão e meio que eu nem vou ver ou a segurança, a educação e a saúde dos nossos futuros filhos??

Cih disse...

Sinceramente amiga,eu já desisti do povo brasileiro,a não ser que a nova geração,a "nossa" geração, formada por uns poucos e bons consigam,mudar essa história e focarmos na criação de uma sociedade mais humana,crítica,culta e justa!
Beijos e boa sorte para nós nessa caminhada!

PietroCF disse...

Eu não culparia a copa, muito menos o BBB. A copa, por si só é uma época cercada de hipocrisia, e já é cheia dos seus problemas, mas isso fica para uma outra vez...

A culpa é da própria mania do brasileiro de achar que o outro, que está ao lado, vai resolver, vai votar, vai tomar uma atitude.

O BBB não aliena ninguem... É só uma opção de diversão, deve ser um prato cheio para psicólogos de plantão. As pessoas resolvem se alienar, acham que o Brasil não tem mais salvação, blah blah blah de sempre... Sei lá. Deve ser um plano sombrio do PT.. rs

Eu tenho um plano para melhorar isso, mas é de dificil aplicação.

Basta trocar os brasileiros alienados pelo povo canadense. Eles aqui, cheios de recurso natural e esse clima tropical, iriam transformar essa tralha grande na maior potência do mundo.

Mas isso não é o pior de tudo. Triste mesmo é ver pessoas, como o netinho de paula, em 4º lugar nas pesquisas.

bjos.